quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Estilo Feng Shui na decoração


 
Estilo Feng Shui na decoração
 
       O Feng Shui é uma técnica usada na China há muito milhares de anos que tem como objetivo a harmonicidade dos lares, com o equilíbrio interior e renovação de energias. Esta arte milenar já conta com mais de 4000 anos de existência. E tem como base a cosmologia oriental e o princípio da filosofia chinesa (yin & yang), as duas forças fundamentais opostas.
 
       O estilo de Feng Shui foca tanto os pequenos detalhes como os grandes detalhes de cada parte da casa, pois cada casa quando é construida cria um mapa próprio da sua energia, e com esta arte tentamos influenciar o nosso espaço de acordo com as nossas necessidades.
A ferramenta que esta arte usa é chamada de Baguá. Este tem diversas áreas que precisamos de equilibrar para que a nossa energia interior esteja equilibrada para nos sentir-mos espiritualmente saudáveis. As áreas onde o Baguá atua são a saúde (localizado no centro), família, sucesso, criatividade, trabalho, amigos, espiritualidade, prosperidade e relacionamentos.
 
       Visto ser uma arte complexa, iremos falar em apenas dois pilares base do Feng Shui para que possa aprender e se quiser começar desde já a aplicar na sua casa.
Aconselhamos apesar de tudo, que se quiser ter a certeza de como realmente tudo funciona, que contrate um profissional na arte do Feng Shui tradicional para que possa realmente aplica-la de forma efetiva na sua casa.
 







Cores
 
       As cores têm uma grande influencia no equilibro das nossas energias, o espectros de cor são assim um aspeto vital para esta arte. Cada cor quando é aplicada num determinado lugar simboliza algo para as energias desse local. Devemos então evitar cores como o preto pois esta remete para a angustia e a tristeza e devemos ter na nossa casa deverão ser o vermelho que simbolicamente representa o fogo e esta cria um efeito estimulante para o local, cores como o amarelo, verde e azul também tem de estar referenciadas  pois em contexto são muito importantes para que realmente nos sentimos realmente bem no nosso espaço.


 
Organização
 
       A organização é fundamental para um espaço. Para esta arte é ainda mais importante pois um espaço organizado representa uma vida organizada. Sugerimos que para tal aconteça não tenha objetos empilhados, que escolha com muito cuidado os quadros que quer colocar na sua casa e que tenha algumas plantas dentro da sua casa, com esta organização e uma limpeza constante irá certamente contribuir para uma casa mais harmoniosa.



 

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

PLANTAS QUE PURIFICAM O AMBIENTE - MICROCLIMA PERFEITO!

       Como foi falado no artigo anterior, as plantas naturais cada dia mais dominam os ambientes. O uso de variadas espécies na decoração a deixa mais leve, colorida, bonita e com um  frescor de vida.
       Há uma outra razão bem mais interessante para termos belíssimas espécies por todos os espaços, nas nossas casas, no escritório, em sua loja, e por toda empresa, as plantas purificam o ar. Isso mesmo, deixam o ar mais limpo, desintoxicado, equilibram a umidade do ar e renovam o oxigênio, fazendo com que crianças e pessoas que sofrem com alergias respirem melhor


       Conheça algumas espécies abaixo que além de estética irão nos auxiliar.




                                     As 5 primeiras absorvem o excesso de umidade do ar





1 - Lírio da paz ou Bandeira-branca (Spathiphyllum wallisii Regel)





       Essa é uma das poucas plantas que servem como purificadoras de ar e que têm flor. Portanto, ela é ótima para decoração! Não exige muita manutenção e multiplica-se facilmente pelas numerosas mudas que se formam junto à planta original, as quais podem ser separadas da planta-mãe em qualquer época. Ela é cultivada a meia-sombra em vasos, em canteiros, formando conjuntos isolados, ou em bordaduras e beira de muros, em terra rica em composto orgânico, com boa drenagem e irrigada periodicamente. Não tolera temperaturas baixas, sendo recomendada apenas para regiões tropicais e subtropicais.
       Há quem acredite que o lírio-da-paz traga felicidade e amor ao lar. Mas tem um fato curioso sobre ela, é que esta planta não apenas absorve o excesso de umidade, normalizando o clima da casa, mas também destrói as esporas de mofo. Fica ótima no banheiro, a uma temperatura de 18°.      
       Contudo, vale lembrar que é uma planta venenosa. Assim, é preciso tomar cuidado se tem bichinhos de estimação ou crianças curiosas em casa!
     




2 - Cafeeiro (Coffea)

       Dos quase 100 tipos de cafeeiros cultivados, geralmente o arábica e o cafeeiro-do-congo são os mais robustos. As primeiras frutas aparecem no quinto ou sexto ano, por isso é melhor comprar uma planta já grande. Este arbusto gosta bastante de ser regado e ficar à semissombra. Ele absorve o excesso de umidade do ar e enche o ambiente com um aroma tropical durante a floração. Mas tenha espaço para a planta, pois um cafeeiro adulto tem cerca de dois metros de altura.






3- Murta-comum  (Myrtus)

       Em muitos lugares, é o símbolo da paz e do prazer. No passado, as pessoas acreditavam que era uma árvore sagrada: devolvia a juventude aos idosos e dava energia e ânimo aos viajantes. Hoje, sabemos que a murta-comum não apenas equilibra o microclima, mas também faz bem à saúde: as partículas emitidas pelas folhas e flores matam as bactérias presentes no ar.


 

4- Loureiro (Laurus nobilis)

       Dizem que os dinossauros herbívoros adoravam o loureiro. Isso fazia com que os predadores, ao escolherem esses dinos como vítimas, ganhavam uma refeição já temperada. Para os humanos, o louro é símbolo da vitória, grandeza e fama. É uma planta de origem subtropical, por isso ela adora o ar úmido, a semissombra e uma boa regada com água morna. Absorvendo a umidade do ar, ela ajuda a manter um microclima ideal. As folhas do loureiro, quando secas, podem ser usadas na cozinha.


5 - Limoeiro (Citrus limon)

     O limoeiro é uma planta agradável sob vários aspectos: durante a floração, enche o ar com seu aroma cítrico e absorve o excesso de umidade. As folhas emanam grande quantidade de substâncias curativas, esterilizando o espaço ao seu redor. Esta planta gosta de tomar banhos de sol, de receber água regularmente e de substrato seco.


 

  As 5 próximas umidificam o ar




1 - Cedro-branco, cedro-do-óregão, cipreste (Chamaecyparis)


       No Japão, é tida como uma planta sagrada: acredita-se que nela habitam as almas dos mortos e os deuses. É uma planta perene que refresca o ambiente, umidifica o ar, combate a poeira e alivia crises de dor de cabeça e enxaqueca. E a única coisa que você precisa fazer é mantê-la à semissombra e regá-la regularmente.

 


2 - Espada-de-são-jorge, espada-de-santa-bárbara (Sansevieria)

       A espada-de-são-jorge é capaz de fazer coisas incríveis com o ar: umidifica, produz uma quantidade considerável de oxigênio (para seu tamanho) e neutraliza evaporações nocivas emitidas por materiais sintéticos. É muito fácil de cuidar: ela guarda a umidade nas folhas, e não precisa ser muito regada. Pode ficar em qualquer canto da casa.

 
 

3 - Figueira (Fícus)

       Uma das plantas de interior mais populares. Ela umidifica o ar, enche o ambiente de oxigênio, neutraliza toxinas e suas folhas atuam contra a poeira. Gosta de espaços amplos e de semi-sombra. É uma planta pouco exigente, que cresce rápido, mas que não gosta de correntes de ar nem de água em excesso.


4 - Cipó-uva (Cissus)


       Pela semelhança das folhas, é associada às videiras. A planta lembra também a hera: se agarra a qualquer suporte que encontre, sempre em busca da luz. Se adapta facilmente ao ar seco, umidificando-o, mas precisa de semissombra e de limpeza regular nas folhas.



 
 5 - Kalanchoe


     Popular e bem barata, é uma planta muito bonita, e suas variedades têm aparências muito originais. A Kalanchoe vem de Madagascar, e é ótima para espaços com ar seco. Ela acumula umidade nas folhas, regulando o clima da casa. Não necessita de muita água, mas você precisa mantê-la num local ensolarado.